Translate

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Casca

                  Ás vezes as mudanças vem mais rápido do que esperamos, e aí nos sobra apenas as lembranças do que eram antes… Será que eram mesmo?
O passado sempre está ali, mostrando quão boas as coisas foram, mas… E se for só comigo que isso acontece? Não compreendo o porquê das pessoas mudarem, estagnarem, pararem no tempo de forma tão ridícula que não se vê mais nada além de… De quê?
                  Acho graça das pessoas que têm um certo tipo de “casca”. Elas se escondem naquilo e simplesmente ficam ali. Um dia essa casca fica velha, e essa pessoa precisa de algo para manter as mentiras, o que é um tanto quanto difícil, já que algumas coisas precisarão ser reformuladas, repaginadas. Ainda assim, a pessoa não se deixa largar das mentiras e as veste, mas infelizmente já não servem mais.
               Aí é o momento que se percebe as mudanças, porque as mentiras não podem ser mantidas e não há quem as sustente. Então, surpreende o outro. Nem sempre por não ser uma pessoa boa, mas sim, por ter mentido aquele tempo todo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário